Portal da Torcida
Tudo Sobre Futebol e Seu Time

Após ser suspenso, o que acontece com as propostas da Europa feitas a GABIGOL

Flamengo e Gabigol recebem comunicado em julgamento do STJD - Foto: Reprodução
Gabigol pode voltar para o futebol europeu – Foto: Reprodução

Gabriel Barbosa, o Gabigol, foi suspenso pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem. O jogador foi denunciado em 2023 por um caso em 8 de abril, antes do clássico contra o Fluminense.

Após julgamento, ele perdeu por um voto e agora foi adicionado à lista de atletas suspensos em definitivo pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD). A informação foi passada em primeira mão por Diogo Dantas, do jornal O Globo.

Dessa forma, a situação dele ficou ainda mais sem definição, já que ele travava as negociações com o Flamengo por uma renovação, enquanto outros clubes ficavam de olho no jogador.

Gabigol ainda pode parar na Europa

De acordo com informações do Estadio Deportivo, Gabigol foi oferecido ao Sevilla, da Espanha. A ideia é firmar pré-contrato no meio do ano, chegando ao clube em janeiro de 2025. Dessa forma, mesmo que não tenha a sua punição revertida, ele perderia poucos meses no novo clube, porém, o suficiente para não jogar na temporada.

Com isso, os times que tinham o interesse no jogador precisam avaliar se vale ou não uma investida mesmo com a punição.

Flamengo ainda quer renovar com Gabigol 

A situação envolvendo Gabigol no Flamengo segue indefinida. O jogador é um dos maiores ídolos do clube, conquistando títulos atrás de títulos desde que chegou. Porém, tem contrato até o final do ano e, com isso, poderá assinar um pré-contrato a partir de junho com qualquer equipe e deixar o Flamengo de graça.

centroavante perdeu espaço com Tite, ao mesmo tempo que não avança na renovação de contrato com o clube carioca. Foram apenas oito jogos oficiais em 2024, apenas um durante os 90 minutos, titular em dois. Portanto, veio do banco em seis oportunidades. São dois gols até aqui.

Gabigol chegou ao Flamengo em 2019, símbolo de entrega em campo, chamando a responsabilidade nas decisões. A temporada de estreia foi a melhor, com 59 jogos e 43 gols, além de 12 assistências. Porém, ele sempre se manteve em alta, e mesmo no seu “pior ano”, foi o segundo artilheiro do time, com 20 gols em 2023.

Ao todo com a camisa Rubro-Negra são 276 jogos, com 157 gols e 44 assistências, um total de 200 participações diretas em gols. Além disso, são 11 títulos, com destaque para duas Copas Libertadores, dois Campeonatos Brasileiros e uma Copa do Brasil.  Ele também já foi duas vezes artilheiro do Brasileirão, três da Copa do Brasil, duas da Copa Libertadores e uma vez o Rei da América.