Portal da Torcida
Tudo Sobre Futebol e Seu Time

Ele paralisou o Brasil inteiro: Mauro Cezar Pereira traz revelações sobre Gabigol, do Flamengo

Mauro Cezar Pereira fala sobre Gabigol e o Flamengo - Foto: Reprodução/Jovem Pan
Mauro Cezar Pereira fala sobre Gabigol e o Flamengo – Foto: Reprodução/Jovem Pan

Gabriel Barbosa, o Gabigol, foi suspenso pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem. O jogador foi denunciado em 2023 por um caso em 8 de abril, antes do clássico contra o Fluminense.

Após julgamento, ele perdeu por um voto e agora foi adicionado à lista de atletas suspensos em definitivo pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD). A informação foi passada em primeira mão por Diogo Dantas, do jornal O Globo.

Dessa forma, a situação dele ficou ainda mais sem definição, já que ele travava as negociações com o Flamengo por uma renovação, enquanto outros clubes ficavam de olho no jogador. Porém, o presidente do clube, Rodolfo Landim, está otimista.

“Contrato do Gabriel termina dia 31 de dezembro e a partir do dia 1 de junho ele tem liberdade de assinar com outro o clube. O Flamengo historicamente já demonstrou em outras oportunidades que leva o contrato dos jogadores até o fim e renova no final. A gente vai fazer uma proposta (…) O Gabigol vai ter essa oportunidade para decidir. Então não dá para falar unilateralmente se a gente conta com ele ou não. Certamente vamos querer contar, mas pode ser que ele tenha outras oportunidades melhor do que jogar no FlamengoVai estar na mão dele decidir isso”, informou o presidente.

Mauro Cezar Pereira fala sobre Gabigol

Para o jornalista Mauro Cezar Pereira, a negociação anterior do Flamengo com Gabigol está sendo equivocada e, segundo ele, não justifica aumento salarial.

“A negociação no ano passado foi feita de maneira equivocada. E que freou no Landim, mas por causa da pressão enorme que ele sofreu. O que justifica um contrato longo e aumento de salário para o Gabigol neste momento?“, disse Mauro Cezar.

O jornalista ainda ressaltou que mesmo que seja um ídolo, é necessário identificar riscos de uma renovação, não sendo ideal fazer loucuras econômicas.

“Nem o risco de perder um ídolo justifica. Pois tem o risco dele perder o Flamengo. Ele corre o risco de ir para um outro clube e virar um jogador secundário. Ele vai ter que ralar muito, fazer muitos gols para ser amado e respeitado pela torcida. O que ele não tem conseguido fazer no Flamengo”, finalizou o jornalista.

Gabigol chegou ao Flamengo em 2019, símbolo de entrega em campo, chamando a responsabilidade nas decisões. A temporada de estreia foi a melhor, com 59 jogos e 43 gols, além de 12 assistências. Porém, ele sempre se manteve em alta, e mesmo no seu “pior ano”, foi o segundo artilheiro do time, com 20 gols em 2023.

Ao todo com a camisa Rubro-Negra são 276 jogos, com 157 gols e 44 assistências, um total de 200 participações diretas em gols. Além disso, são 11 títulos, com destaque para duas Copas Libertadores, dois Campeonatos Brasileiros e uma Copa do Brasil.  Ele também já foi duas vezes artilheiro do Brasileirão, três da Copa do Brasil, duas da Copa Libertadores e uma vez o Rei da América.