Portal da Torcida
Tudo Sobre Futebol e Seu Time

Gabigol: Os advogados do atleta pode reverter situação após provar que Gabigol não burlou o exame antidoping

Gabigol pode reverter a pena após provar que não burlou o exame antidoping. Foto: Reprodução
Gabigol pode reverter a pena após provar que não burlou o exame antidoping. Foto: Reprodução

Gabigol, o camisa 10 do Flamengo, está enfrentando um momento delicado em sua carreira. Recentemente, ele foi suspenso por dois anos sob a acusação de fraudar o exame antidoping. No entanto, a defesa de Gabigol está determinada a provar sua inocência e expor as contradições no julgamento que podem facilitar a obtenção de um efeito suspensivo.

O Flamengo está prestes a iniciar a disputa do título do Campeonato Carioca, mas a semana começou com uma notícia indigesta para o clube e seus torcedores. Gabigol foi suspenso por dois anos após ser acusado de fraudar o exame antidoping. No entanto, o jogador não pretende aceitar a punição e está determinado a provar sua inocência.

Gabigol afirmou publicamente que vai trabalhar incansavelmente para provar que não cometeu nenhuma infração. A defesa do jogador está traçando uma estratégia para conseguir um efeito suspensivo sobre o afastamento do atleta. Segundo apuração do portal ESPN, essa estratégia terá duas linhas como norte.

Gabigol luta para provar inocência 

Durante o julgamento, surgiram contradições nos depoimentos prestados. Um dos oficiais que estiveram presentes se confundiu ao relatar o caso, afirmando inicialmente que os profissionais da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) chegaram antes, mas depois afirmou que foram informados que Gabigol estaria na fisioterapia, quando na verdade ele estava realizando atividades musculares.

Outro membro envolvido no controle antidoping afirmou ter testemunhado a urina do jogador saindo da uretra, o que descarta a possibilidade de fraude técnica na coleta. Essas contradições reforçam a argumentação da defesa e são fundamentais para solicitar o efeito suspensivo.

A defesa de Gabigol utilizará vídeos do Ninho do Urubu como prova de que o jogador começou a treinar antes da chegada dos membros da ABCD ao centro de treinamento. Além disso, a defesa alega que o atleta foi orientado pelos médicos do clube a esperar um intervalo após os exercícios para realizar o teste antidoping.

Essas evidências mostram que Gabigol agiu de acordo com as recomendações médicas e que não houve intenção de enganar ou fraudar o exame. A defesa argumentará que as contradições nos depoimentos e as provas apresentadas são suficientes para solicitar o efeito suspensivo.

A defesa também lançará mão da jurisprudência para embasar seu argumento. Será destacado que atletas são punidos por fraude apenas quando há comprovação de que a urina foi misturada, e nunca por mau comportamento durante a coleta. Apesar de ter ocorrido uma certa indisciplina por parte de Gabigol, o Flamengo considera a denúncia descabida, principalmente pelas inconsistências nos depoimentos prestados.

A pena imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD) impede que Gabigol treine nas dependências do clube.

Dessa forma, a esperança do Flamengo é que Gabigol prove sua inocência e fique livre para atuar no clube, é um momento delicado para todos, no entanto, resta aguardar para ver esse desfecho.