Portal da Torcida
Tudo Sobre Futebol e Seu Time

John Textor, dono do Botafogo, passou mal no STJD

John Textor
John Textor é suspenso no STJD- Foto: Reprodução

 

A guerra de bastidores entre Botafogo e Palmeiras está grande, principalmente entre John Textor, o dono da SAF do time carioca, com a presidente do Verdão, Leila Pereira, frequentemente trocando indiretas.

Na última segunda-feira (22), o americano chegou a prestar depoimento na CPI da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas, em Brasília, onde entregou documentos para ressaltar os seus argumentos. Agora, será a vez da presidente do PalmeirasLeila Pereira, que prestará depoimento no dia 16 de maio, junto com Júlio Casares, o presidente do São Paulo.

John Textor é suspenso

John Textor foi suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, STJD. Vale destacar que quem deu a primeira informação que isso iria acontecer foi Athos Moura, jornalista do jornal Metrópoles. A confirmação veio com o Globo Esporte.

A punição foi por ofender árbitro e à CBF na derrota do Botafogo diante do Palmeiras, em 2023. Dessa forma, foi suspenso por 45 dias e multado em R$ 100 mil. Porém, como já cumpriu alguns dias, faltam 17 para completar a punição. Dessa forma, o americano não pode aparecer nos seguintes jogos:

  • 28/04 – Flamengo x Botafogo
  • 02/05 – Botafogo x Vitória
  • 05/05 – Botafogo x Bahia
  • 08/05 – Botafogo x LDU
  • 12/05 – Fortaleza x Botafogo

Vale destacar que ele ainda pode sofrer novas punições, principalmente se não for comprovada manipulação de resultados, que é sua acusação mais grave.

Leila Pereira falou sobre John Textor

Em participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, Leila Pereira falou sobre John Textor e, inclusive, pediu o banimento do dono da SAF do Botafogo.

“Não adianta ficar elucubrando, esse senhor é um idiota. Ele não quer nada. Textor está achando que o Brasil é uma bagunça, que as autoridades não tomam providência. Esse homem tem que ser banido do futebol brasileiro. Como posso ficar elocubrando sem provas? Isso é irresponsabilidade”, afirmou Leila Pereira.

Essa não foi a primeira vez que Leila Pereira falou sobre o dirigente. Recentemente, em entrevista ao Globo Esporte, ela aproveitou a oportunidade para mais uma vez responder sobre as acusações do dono do Botafogo.

Esse senhor tem falado do Palmeiras desde que nós conquistamos o título brasileiro. E ele continuou falando. Nós entramos com o processo na esfera civil e pedimos a instauração de inquérito policial para apurar essas denúncias. Ele diz que tem provas, mas não apresenta provas absolutamente nenhuma. Esse é mais um caso que as autoridades brasileiras precisam tomar um posicionamento muito firme. O que o senhor está dizendo é que o Brasil não é um país sério, não é?“, disse Leila Pereira.