Portal da Torcida
Tudo Sobre Futebol e Seu Time

Soltou no ventilador, não mandou indireta e foi papo reto: Pedro manda a real e POLÊMICA chega com tudo no Flamengo

Valor de Pedro é definido pelo Flamengo. Foto: Reprodução/FlaResenha
Assunto Pedro ainda dá o que falar no Flamengo – Foto: Reprodução/FlaResenha

A partida entre Flamengo x Boavista deu o que falar. Apesar do Rubro-Negro vencer por 4 a 0, o duelo ficou marcado pelas vaias ao atacante Pedro, que perdeu um pênalti, mas também fez um gol.

Centroavante escolhido por Tite, ele é o titular do clube e já conta com seis gols em seis jogos em 2024, média de um por partida. Mesmo assim, Pedro foi muito vaiado ao ser substituído. Além disso, Gabigol, que entrou no seu lugar, foi exaltado pelo torcedor. Curiosamente, o duelo já estava 2 a 0 para o Rubro-Negro.

Essa situação virou tema no programa Redação SporTV. O apresentador Marcelo Barreto acredita que os torcedores estão pegando no pé de Tite.

“O cara não toma gol e é chamado de retranqueiro. O centroavante faz gol, o time ganha de 4 a 0 e ele sai vaiado (…) O Tite deixou claro que o Pedro é titular. Então hoje, tem a situação estabelecida assim: ‘Tem um ídolo no banco. O torcedor hoje, curte o conceito do Gabigol, a ideia do Gabigol. O Gabigol como ídolo, o muque do Gabigol, e não o que o Gabigol está jogando agora”, opinou Barreto, na apresentação do programa.

O apresentador ainda prosseguiu citando o jogo em Aracaju. Na ocasião, ele deixou claro que o torcedor queria ver Gabigol em campo, mas isso não significava que não queriam que Pedro estivesse.

“Em Aracaju, nessa sequência de 3 a 0 que o Flamengo está entrando aí. Estava tudo, o Pedro fez três gols no jogo, mas a torcida começou a pedir pelo Gabigol. Não começou a não querer o Pedro, ali era até diferente, a torcida não estava dizendo que não queria ver o Pedro, mas que queria ver o Gabigol em campo. É a torcida dizendo: ‘Quero o Flamengo com o Gabigol, o camisa 10’. Enfim”, finalizou o profissional.

Pedro desabafa na zona mista

Após o jogo, que terminou em 4 a 0 para o FlamengoPedro desabafou na zona mista. Segundo ele, as vaias não irão atrapalhar e ele está muito feliz no clube.

“O Flamengo me levou para a seleção brasileira, para a Copa do Mundo, sempre dei o meu melhor por essa camisa. Sei que poderia ter feito uma noite melhor, mas fico feliz coletivamente, fizemos um grande jogo. A vaia não vai me abater, me abalar, e não vou me empolgar também com os elogios. Desde quando eu cheguei no Flamengo eu deixo bem claro o quanto eu sou feliz, em todas as entrevistas. Eu sei que não foi a minha melhor noite. Se eu tivesse na minha melhor noite faria 3 ou 4 gols”, disse o jogador.